Um desafio aos leitores!!

Já que umjeitomanso.blogspot.com me «anunciou» enquanto Contadora de Histórias, vamos lá pôr-me à prova! Quem se interessar, envie-me email (diazinhos@gmail.com) ou deixe comentário num dos textos, com uma palavra ou frase que me «inspire» para um próximo texto. A ver se pega e a ver se estou à altura..

quinta-feira, 29 de março de 2012

Arco-Íris


Foram mil gotas de água
Que aqui entraram
Numa corrente
Numa torrente
À procura de quem não encontraram

Chegaram-se aqui à beira
Olharam-me e encolheram-se
Que não as queria
Que não são para aqui chamadas
Não me quero molhada
Não me quero fria e gelada

E elas assim se foram
Sem perceber ao que tinham vindo e ido
Que afinal eu já não era disso
Tristezas já a tive
Choros já não os quero
Vão-se para outros olhos
Outras casas que não a minha
Outras vidas que não esta
Suas mil gotas atoleimadas
Impertinentes
Desencontradas,
Aqui já não têm lugar
Aqui agora já não é assim

E lá se resignaram e foram
Talvez à procura de uma outra eu que já não sou
Talvez tristes por já não me terem
Talvez sozinhas e perdidas
Mas eu é que já não as quero por aqui
Agora são só risos e maravilhas
Alegrias e cantorias
Agora que neste calor de Verão
Acabou-se o que era aflição
E sorrio-me toda enquanto me levas, assim, pela mão

1 comentário:

  1. That's my girl! Assim é que é. Happy face, happy smile.

    beijinhos.

    ResponderEliminar